As dores no ombro são as terceiras dores musculoesqueléticas mais comuns após dores nas costas e no pescoço.
Podem aparecer em resultado de traumas, mas são mais frequentemente devido ao uso excessivo, desporto, desvios, hábitos posturais ou stress.

Na acupressão Tailandesa são classificadas em dois grupos consoante os sintomas:

  • movimentos do ombro com dor que é reproduzida por estes.
  • Ddistúrbios da parte superior das costas ou ombro com dor que é independente dos movimentos do ombro.

No primeiro grupo estão distúrbios da articulação do ombro (articulação glenohumeral e acromioclavicular) que geralmente são condições mais graves e levam mais tempo para curar, apesar de as rotinas de acupressão Tailandesa mostrarem excelentes resultados na maior parte dos casos em que cirurgia não é necessária.

No segundo grupo estão desordens da parte posterior no nível torácico e omoplata que são frequentemente menos graves e mostram melhorias mais rápidas.

As rotinas de acupressão não tratam deslocação de ombro ou sub-luxação que implicam a intervenção de um especialista.

Podem no entanto ser tratadas as condições crónicas que aparecem normalmente em consequência destas lesões usando as rotinas de acupressão.